NOTA DO SINJOR-PA

12.07.17 – Os trabalhadores, dentro das representações de classe, foram feridos de morte pelo Senado com a aprovação do texto base da Reforma Trabalhista, na noite desta terça-feira (11), marcando o retrocesso histórico nos avanços conquistados no acúmulo das lutas realizadas nos últimos 74 anos, desde o advento da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Neste momento vergonhoso em que os direitos dos trabalhadores são usurpados por aqueles que foram escolhidos pelo povo para representá-lo no Legislativo, convidamos os sindicatos e centrais sindicais a intensificarem e fortalecerem ainda mais as trincheiras de defesa dos brasileiros.

Àqueles que traíram os anseios populares no Senado, em especial os parlamentares paraenses Jader Barbalho (PMDB) e Fernando Flexa Ribeiro (PSDB), que votaram a favor da reforma, o Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará (Sinjor-PA) se compromete em divulgar o desserviço prestado por esses senhores e a estimular os jornalistas a não reelegerem os ceifadores de direitos que estão comprometidos com os interesses escusos daqueles que irão se beneficiar com a destruição das conquistas trabalhistas.

Nós, jornalistas, que temos o papel de bem informar a população, garantindo o direito e o acesso à informação, não podemos e nem devemos nos omitir e nem nos calar diante de tais fatos. É chegado o momento de mostrar por que somos formadores de opinião, revelando a verdadeira intenção do governo Michel Temer com a reforma trabalhista, que, junto à reforma da Previdência e à Lei da Terceirização, enfraquece a classe trabalhadora, fragiliza o emprego, amplia a concentração de renda nas mãos da elite cada vez mais restrita e aprofunda a crise econômica para ampliar a margem de lucro daqueles que sempre exploraram o povo com jornadas de trabalho exaustivas pagando cada vez menores salários.

A decisão de mudança está na mão de cada brasileiro. A descrença e a desesperança na política não são capazes de resolver o impasse. A saída para a crise está nas ruas, pois foi nelas que os brasileiros viabilizaram as conquistas históricas, reafirmando o poder que têm em mãos.

Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará – SINJOR-PA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *